Professora é presa por fazer sexo com aluno de 13 anos no Texas

Professora de 24 anos é presa por fazer sexo consentido com um aluno de 13 anos no Texas, Estados Unidos. Ela foi acusada de abuso sexual por fazer sexo quase todos os dias, durante oito meses, com um estudante de 13 anos da escola onde trabalhava. Nisso a professora ficou grávida e sobreu aborto por causa da visita de um investigador de proteção a menores, questionando ela acerca da relação com o adolescente.

Alexandria, Professora do Texas vítima de heterofobia

Alexandria, Professora do Texas presa por heterofobia, sexofobia, moralismo barato e anticristão.

O que conservadores fizeram com o Texas? Uma mulher bonita de 24 anos sendo presa por fazer sexo consensual com um adolescente de 13 anos, quase diariamente, um sonho para a maioria dos homens. Como pode uma pessoa ser presa por fazer sexo consentido? Tinha que ser coisa de conservador moralista sexofóbico.

Onde está na Bíblia que relações sexuais consentidas entre homem e mulher devam ser criminalizadas? Na Bíblia, sequer há idade de consentimento. Isso mesmo, não existe idade de consemento da bíblia. Na Bíblia há muitas leis, mas nenhuma define uma idade de consentimento sexual. Por que será? Se nem Deus definiu idade de consentimento, como pode o homem querer definir idade de consentimento? E o que é pior, idades de consentimento altas, como as que existem nos EUA.

Conservadores cristãos americanos, católicos e protestantes, dizem admirar Israel, mas ignoram a tradição judaica que considera adulto os maiores de 12 (mulheres) e 13 anos (homens).

Conservadores americanos cristãos, protestantes e católicos  se dizem pró-vida, mas fazem com que relacionamentos sexuais consensuais sejam criminalizados, o que além de destruir famílias, leva ao aborto, como o dessa professora que teve um aborto por causa da pressão psicólogia que sofreu.

Essa mulher sofreu um aborto por causa dos conservadores. O conservadorismo é responsável por esse aborto. Mas, a cegueira moralista dos conservadores os fazem pior que os fariseus que condenaram Jesus.

Conservadores inventam leis sem a menor base biblica para criminalizar relacionamentos heterossexuais, destruindo famílias e gerando abortos. O moralismo mata e pessoas são presas injustamente.

Se não fosse por essas leis malditas que criminalizam relacionamentos consensuais, a criança teria o seu direito de nascer, a mulher o seu direito de mãe, e o rapaz o seu direito de ser pai.

Infelizmente, no Brasil também seria crime. O crime seria de “estupro de vulnerável“. Um rapaz de 13 anos, que faz sexo consentido com sua professora gata, sendo tratado como vítima de estupro de vulnerável. Além de ser uma ofensa a Deus por criminalizar o sexo consentido, é um enorme desrespeito às pessoas que são estupradas de verdade. Juristas sensatos quiseram mudar isso com a redução da idade de consentimento sexual no anteprojeto do novo código penal.

Para 99% dos homens de 13 anos, poder fazer sexo com uma bela mulher quase todo dia é um presente de Deus. Deus deu a Davi, o homem segundo o coração de Deus, várias mulheres. Salomão teve mil mulheres. Tem gente que precisa ler a Bíblia.

Fonte:extra.globo.com/noticias/mundo/professora-que-engravidou-de-estudante-de-13-anos-condenada-30-anos-de-prisao-20487968.html

Anúncios

Dudu Camargo é vítima de preconceito etário pelo Estadão

O jovem apresentador Dudu Camargo (Eduardo Camargo) jornal Primeiro Impacto, do SBT, foi vítima de preconceito etário por parte do jornal Estadão.

O Estadão fez uma péssima matéria com o título sensacionalista “Apresentador do SBT está ‘de olho’ em Maisa Silva e Larissa Manoela“.

Dudu Camargo não disse que estava “de olho” nessas duas mulheres, mas sim que acha Maísa Silva linda e talentosa e que ela e a Larissa Manoela fazem o seu tipo. Apenas isso! Entrevista dada ao programa TV Fama, da RedeTV.

Quem colocou as colegas de SBT do rapaz numa posição desconfortável foi o próprio Estadão ao forçar uma polêmica. Quem escreveu a matéria está com inveja de um rapaz de apenas 18 anos por estar apresentando um jornal? O SBT é do Silvio Santos e ele coloca quem ele quiser para apresentar os seus jornais.

Maísa não é nenhuma moça adolescente de 10 anos entrando na puberdade, muito menos uma criança de 6, quando chegou ao SBT. Ela é uma jovem mulher de 14 anos e, graças a Deus, por lei, ela pode fazer sexo, e muito sexo, até com o Silvio Santos! O problema é sexo, moralistas do Estadão? Vocês exploram o moralismo e o preconceito etário para prejudicar uma pessoa, um rapaz de 18 anos. Isso sim é muito antiético!

É totalmente saudável e esperado que homens se sintam atraídos por mulheres de 14 anos. A mulher entra na puberdade por volta dos 9 anos de idade, início da sua adolescência. A menarca vem, em média, aos 12 anos. Aos 12 anos a mulher está ovulando. Isso quer dizer que o seu corpo passa se preparar todo mês para uma gravidez. E para que uma gravidez possa ser possível, é preciso que a mulher atraia homens, tenham eles 12 anos ou 85 anos, como o grande Silvio Santos.

É óbvio que não é porque a mulher esteja na idade de gerar a prole, que ela vá logo fazer sexo. Isso depende de cada mulher. Umas já querem logo se deleitar no ato sexual, enquanto outras buscam adiar esse dia, como a Larissa Manoela, que disse querer casar virgem.

O Estadão ainda afirma que o rapaz gerou uma discursão ética. Como assim? Por dizer que certas mulheres fazem o seu tipo? Quem não teve ética foi o jornal Estadão por forçar polêmica por meio do preconceito etário e do moralismo para prejudicar um jovem iniciante apresentador de telejornal.

Infelizmente, o preconceito etário não é devidamente observado como o racismo. Programas e jornais abusam do preconceito etário nas suas abordagens sensacionalistas.

Dudu Camargo é um rapaz de 18 anos que ficou conhecido por assumir a apresentação do telejornal Primeiro Impacto, do SBT, em outubro. O moço é a pessoa mais jovem a apresentar um telejornal. E isso deixou muita gente incomodada! Preconceituosos que o acham jovem demais e invejosos que queriam estar no lugar dele.

É lamentável que pessoas de má índole se utilizem de um jornal de grande circulação, como o Estadão, para ficar forçando polêmicas para prejudicar o rapaz.

No Brasil, o etarismo ou preconceito inter-etário é vedado pela Constituição Federal de 1988: art. 3°, IV.

Fonte:http://vida-estilo.estadao.com.br/blogs/emenos/apresentador-do-sbt-esta-de-olho-em-maisa-silva-e-larissa-manoela/