Marcela Temer: bela, recatada e do lar

Marcela Temer: bela, recatada e “do lar”. Esse foi o título da matéria da revista Veja[1], que indinou feministas (ou feminazis?), que não aceitam que uma mulher possa escolher ser bela, recatada e muito menos do lar. A revista contava a trajetória de vida da Marcela e exaltava suas qualidades como dona de casa.

Marcela Temer e Michel Temer

SÃO PAULO, SP, 20.03.2015: O vice-presidente, Michel Temer e sua esposa Marcela (Foto: Bruno Poletti/Folhapress)

A revista Veja destacou os 43 anos de diferença de idade de Marcela para o seu Marido Temer. Para quê? Para aumentar a sua audiência em cima do preconceito inter-etário? Claro que houve preconceituosos feministas associando a diferença de idade dos dois à pedofilia. Imagine antes do racismo se tornar crime grave, não seria de se espantar que a mídia se promovessem em cima do racismo, ao destacar, por exemplo, que a “loira” Xuxa se casou com o “negro” Pelé. Infelizmente, a mídia vive promovendo preconceitos. e o etarismo é apenas mais um desses preconceitos.

O preconceito inter-etário é uma forma de etarismo, idadismo, ageismo, preconceito etário, discriminação etária, discriminação generacional, onde o preconceito se baseia na diferença de idade entre duas pessoas que se relacionam. Laercio do BBB foi mais uma vítima desse preconceito. No Brasil, o etarismo, preconceito inter-etário e demais preconceitos etários, é vedado pela Constituição Federal de 1988: art. 3°, IV.

Michel Temer

Michel Miguel Elias Temer Lulia, político e advogado brasileiro, ex-presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro, vice-presidente do Brasil.

Michel Temer é um idoso de 75 anos, que para os preconceituosos deveria estar no asilo largado, abandonado pelos filhos, e não sendo vice-presidente casado com uma mulher 43 anos mais nova. Mas, Temer está ativo, vivendo a vida que deseja ter e não acomodado e se sujeitando a preconceituosos. Esperamos, que caso ele venha a ser presidente, possa fazer um bom trabalho para essa nação explorada durante séculos.

Marcela Temer (Marcela Tedeschi Araújo Temer) conheceu Michel Temer (Michel Miguel Elias Temer Lulia) em 2002, numa convenção do PMDB, à qual compareceu para acompanhar o tio Geraldo, filiado ao partido e funcionário da prefeitura de Paulínia. Marcela se casou com Temer aos 20 anos de idade, em 26 de julho de 2003, numa cerimônia para apenas doze convidados.

Marcela Temer

Marcela Tedeschi Araújo Temer

Após terminar o Ensino Médio, antigo Segundo Grau, Marcela trabalhou como recepcionista no extinto jornal O Momento e, em 2002, aos dezenove anos, disputou o concurso e recebeu o título de Miss Paulínia, tornando-se. em seguida. vice-Miss São Paulo. Em 2009, Marcela graduou-se bacharel em Direito pela faculdade particular Fadisp, em São Paulo, e, em entrevista, afirmou que não prestou o exame da OAB (Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil) porque, na mesma época, nasceu o seu filho, Michel. Desde que se casou, Marcela não trabalhou mais, dedicando-se a cuidar do filho e do lar.

O artigo da revista Veja “Bela, recatada e ‘do lar’“, foi ironizado como sendo retrógrado e machista. Uma sucessão de memes com fotos de mulheres bebendo em bares, nuas ou fazendo gestos obscenos, acompanhadas da frase “bela, recatada e ‘do lar'” rolaram na Internet. Em um viés político, especulou-se que a intenção do artigo foi diferenciar a imagem da Marcela Temer da presidente Dilma Rousseff, que passava pelo processo de impeachment.

Marcela Temer tem todo o direito de ser bela, recatada e do lar, assim como outras mulheres têm o direito de serem do jeito que elas bem quiserem. Não entendo essas brigas. É tão difícil cada um cuidar da sua própria vida e deixar a vida dos outros para lá?

Marcela Temer

Marcela Temer, futura primeira-dama?

É um absurdo ver feministas, que se dizem defensoras da liberdade feminina, implicar com mulheres belas, recatadas, do lar, prostitutas, funkeiras, etc. Onde está a tal liberdade da mulher ser o que quiser? Como uma pessoa pode ser livre, se ela não pode ir contra a opinião de alguns? A liberdade está em poder desagradar pessoa ou grupo. Quem é obrigado a agradar, não é livre coisa nenhuma e está sob uma ditadura.

Também parem de comparar com a presidenta Dilma Rousseff (Dilma Vana Rousseff). Marcela e Dilma são duas mulheres diferentes, cada uma com suas próprias aspirações e não estão concorrendo a nada, porque uma é dona de casa e a outra a presidente do Brasil. Essas mulheres precisam ser respeitadas e não ofendidas com insinuações e comparações descabidas. A Direita desrespeita Dilma. A Esquerda, especialmente feministas, desrespeita Marcela.

[1]http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/bela-recatada-e-do-lar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s