Famosos que perderam a virgindade na adolescência

Alguns artistas famosos brasileiros e extrangeiros que perderam a virgindade na adolescência. Quando foi a primeira vez de famosos?

Mr Catra (Wagner Domingues Costa)

Mister Catra perdeu a virgindade aos 12 anos de idade.

Mr. Catra ou Mister Catra (nome artístico de Wagner Domingues Costa). Perdeu a virgindade aos 12 anos de idade. Ele é compositor e cantor brasileiro de Funk Carioca, Hip hop, Heavy metal e Góspel (O Bonde dos Justos, O Segredo do Altíssimo, O Fiel).

Mirosmar José de Camargo

Mirosmar José de Camargo perdeu sua virgindade aos 12 anos. “Minha primeira relação sexual foi aos 12 anos, foi com uma mulher de 18 anos. Foi ela que me mostrou esse universo maravilhoso!”

Zezé di Camargo (Mirosmar José de Camargo) perdeu sua virgindade aos 12 anos. “Minha primeira vez foi com 12 anos, foi com uma mulher de 18 anos. Foi ela que me mostrou esse universo maravilhoso!” Disse. Zezé é um cantor brasileiro, faz parte da dupla sertaneja Zezé di Camargo & Luciano. Compositor, compõe músicas para outros cantores.

Magrini

Oscar Magrini perdeu a virgindade aos 10 anos de idade. Ficava com mulheres mais velhas.

Oscar Magrini perdeu a virgindade aos 10 anos de idade com mulheres mais velhas. “Perdi a virgindade aos 10 anos. Era moleque e ficava com as meninas mais velhas da cidade”. Magrini é um ator brasileiro. Casado, desde 1990, com a atriz Matilde Mastrangi, mãe de sua filha Isabella Magrini, nascida em 1991.

Felipe Priolli Dylon

Felipe Priolli Dylon perdeu a sua virgindade aos 13 anos com uma mulher de 18 anos.
Fez sucesso com a música “Musa do verão” em 2005.

Felipe Dylon (Felipe Priolli Dylon) perdeu sua virgindade aos 13 anos com uma menina de 18 anos, segundo entrevista dada a uma revista para adolescentes. É um cantor, compositor, apresentador, ator brasileiro e ex-ídolo teen. Fez muito sucesso em 2005 com a música “Musa do verão”.

Kelly Michelle Lee Osbourne

Kelly Michelle Lee Osbourne deu adeus à virgindade aos 13 anos. Ela achou que tinha ficado grávida. “Eu não tinha ficado menstruada ainda, acreditei que tinha ficado grávida”.

Kelly Osbourne (Kelly Michelle Lee Osbourne) deu adeus à sua virgindade aos 13 anos de idade. Ela acreditou que tinha ficado grávida. “Eu nem tinha ficado menstruada ainda, achei que tinha engravidado”, revelou sorrindo. Kelly Osbourne é uma atriz, cantora e designer de moda britânica, mais conhecida por ser a filha de Ozzy Osbourne e Sharon Osbourne.

Anthony Kiedis

Anthony Kiedis perdeu sua virgindade aos 12 anos de idade. Pediu para ter a sua primeira prática sexual com a namorada do seu pai. Seu pai atendeu ao seu pedido.

Anthony Kiedis, perdeu a sua virgindade aos 12 anos. Ele pediu para ter a sua primeira experiência sexual com a namorada do seu próprio pai, ao vê-la dançando em Rainbow Room. O pai prontamente atendeu ao seu pedido e armou uma cama gigante para o filhão. Anthony Kiedis, cantor e compositor americano, é letrista, vocalista e fundador da banda Red Hot Chili Peppers, banda fundada em 1983 junto com os seus amigos Hillel Slovak, Flea e Jack Irons.

John "Johnny" Christopher Depp II

Johnny Depp (John “Johnny” Christopher Depp II) perdeu a virgindade aos 13 anos.

Johnny Depp (John “Johnny” Christopher Depp II)
Perdeu a virgindade aos 13 anos com uma fã na traseira da van da banda ‘The Flame’ da qual era guitarrista. Apesar de na época estar longe do sucesso que mais tarde conseguiu como ator, ele tinha fãs fanáticas.

Benicio Monserrate Rafael del Toro Sánchez

Benicio Monserrate Rafael del Toro Sánchez perdeu a virgindade aos 13 anos.

Benicio Del Toro (Benicio Monserrate Rafael del Toro Sánchez) – O ator, produtor diretor porto-riquenho disse que tinha pensamentos sexuais desde os quatro anos de idade e que, aos 13, perdeu a virgindade com uma mulher mais velha. “Eu não era exatamente talentoso, mas foi bom”.

Robin Charles Thicke

Robin Charles Thicke disse ter perdido sua virgindade aos 13 anos. “Faria durar mais de 30 segundos”. Comentou com bom humor.

Robin Thicke (Robin Charles Thicke) – Thicke disse ter perdido sua virgindade aos 13 anos. Quando perguntado se faria algo diferente, ele respondeu com bom humor: “Faria durar mais de 30 segundos”. Também escreveu sua primeira música aos 13 anos.

Josh James Brolin

Josh James Brolin teve sua primeira vez aos 11 anos de idade com uma mulher chamada Greta.

Josh Brolin (Josh James Brolin) – O ator disse que teve sua primeira vez aos 11 anos de idade com uma mulher chamada Greta. Brolin é conhecido principalmente por seus papéis nos filmes The Goonies, Milk, No Country for Old Men, Men in Black III, True Grit e Gangster Squad.

David Michael Navarro

David Michael Navarro perdeu a virgindade aos 13 anos: “Eu cheguei à casa dela às 3 da tarde. Às 3h04, eu estava voltando para minha casa. Eu me senti um rei.”.

Dave Navarro (David Michael Navarro) – Perdeu a virgindade aos 13 anos e foi bem rápido: “Eu cheguei à casa dela às 3 da tarde. Às 3h04, eu estava voltando para minha casa. Eu me senti um rei.”. Dave é um guitarrista americano, integrante do Jane’s Addiction e ex-integrante do Red Hot Chili Peppers.

Mito: Noivas meninas, 554 mil crianças casadas no Brasil

Títulos sensacionalistas, como “Noivas meninas: realidade de 554 mil crianças casadas no Brasil” são noticiados para chamar atenção e não passam de mentiras. As reportagens são sobre o casamento de mulheres adolescentes, geralmente casamentos consensuais.

Ivonete da Silva, de 14 anos, e Thainá Darri, de 17 anos

Ivonete da Silva, 14 anos, é mãe de Rayslani, de 1 ano. Thainá Darri, 17, casada desde os 15, está grávida.

A mídia em busca de audiência fácil fica desonestamente comparando o Brasil onde algumas garotas de 10 a 17 anos casam por livre e expontânea vontade com meninas de 7 anos do Oriente Médio que são obrigadas a se casar para ter uma vida melhor ou mesmo são vendidas. Parece que esses repórteres odeiam tanto o Brasil que só sabem falar mal do país.

Não há relato de meninas com menos de 9 anos casadas do Brasil. Assim, não se pode dizer que haja casamento infantil ou casamento de crianças no país do Pau-brasil. No Brasil, ocorre apenas casamentos de mulheres adolescentes, ou seja, de garotas com mais de 9 anos de idade, garotas que entram na puberdade e voluntariamente buscam por relacionamentos estáveis, e que deveriam ser devidamente reconhecidos pelo Estado.

Casamento infantil não existe no Brasil, não existem crianças casadas, não existem noivas meninas, porque criança é quem não atingiu a puberdade (geralmente, individuos com menos de nove anos de idade). Os casamentos e uniões no Brasil são realizados com pessoas maiores de nove anos. Pessoas que já entraram na puberdade, sendo portando adolescentes ou adultos. mas infelizmente a grande mídia e ONGs não fazem essa observação e divulgam a ideia equivocada de haver casamentos de crianças no Brasil.

Colocam vários defeitos no casamento como a baixa escolaridade das garotas, como se não fosse possível conciliar casamento e escola, e ignoram que o problema da baixa escolaridade está na dificuldade de acesso à educação e ao ensino regular, além da baixa qualidade que desestimula qualquer aluno. A pesar de Constitucional, o Estado não garante o direito à educação de qualidade a todos brasileiros.

Combater o casamento de jovens só vai levar as mulheres cada vez mais para a promiscuidade e a relacionamentos instáveis, aumentando a chance de pegarem DST’s, terem gravidez indesejada, serem mães solteiras etc. Não existe casamento infantil no Brasil. Criança é quem não atingiu a puberdade (em geral, garotas com menos de 9 anos de idade). Infelizmente, chamam equivocadamente o “casamento adolescente ou casamento adulto” de “casamento infantil”. Equivocadamente porque casamento infantil é apenas o casamento de pessoas com menos de 10 anos, idade que a própria ONU define como o início da adolescência, que considera criança quem tem menos de 10 anos. É uma boa referência porque criança é quem não atingiu a puberdade e a puberdade começa por volta dos 9 anos de idade.

É normal que mulheres adolescentes tenham relacionamentos. Se não há casamentos ou relacionamentos estáveis, abre espaços para condutas clandestinas, basta ver que mulheres jovens (12-24 anos) são as maiores vítimas da AIDS atualmente, fruto de relacionamentos cada vez mais eventuais, que aumentam a probabilidade de contágio. Relacionamentos eventuais muitas vezes são fruto do machismo, já que pais adoram “segurar” suas filhas e elas para ter mais liberdade, acabam fazendo coisas às escondidas e buscando a promiscuidade para viver a sua sexualidade, uma vez que têm dificuldade de arranjar um parceiro fixo.

É preciso se livrar do moralismo e encarar a realidade da sexualidade, porque enquanto a ONU e outras organizações estiverem aberta ao moralismo, assim como os governos, ficará difícil cuidar da saúde das jovens mulheres. Basta ver a histeria que ocorre com a vacinação de garotas contra o HPV, métodos contraceptivos, exames ginecológicos etc.

“Aqui, as meninas se jogam no funk, bebem e nem sabe quem é o pai do filho delas. O casamento me poupou disso”. Thainá Darri

Thaina Darri, 17 anos

“Aqui, as meninas se jogam no funk, bebem e nem sabe quem é o pai do filho delas. O casamento me poupou disso” Thaina Darri