Mulher, cor de rosa e feminismo

Para feministas, mulher não pode mais gostar de cor-de-rosa. Porque mulher gostar de cores consideradas femininas, como rosa, violeta, lilás, púrpura (magenta) ou roxo, é machismo. É o que afirma o post feminista: “Garota de 10 anos dá aula de feminismo no Encontro com Fátima Bernardes” [1]

O post do site Huffpost Brasil afirma que:

Quem assistiu ao programa Encontro nesta terça (15) ganhou uma pequena, mas poderosa, demonstração de como o feminismo está mudando a vida de jovens mulheres.

a garota Anita, filha de 10 anos do apresentador e escritor Marcos Piangers, deu um baile.

Perguntada se concordava que rosa é cor de menina e azul, cor de menino, Anita foi categórica: “Eu acho que assim: tem a fase que quando tu é pequena, tu gosta de rosa e roxo. Mas quando tu cresce, tu pensa: Pô, que porcaria! Isso é uma coisa machista! Eu não gosto de rosa.” EMPODERADA!

Anita Piangers deixou de gostar de cor de rosa por considerar machismo uma mulher gostar de rosa. A garota afirma ter gostado da cor rosa quando pequena, mas viu que era “machismo” gostar de rosa e hoje prefere usar azul. Ué, feminismo não era pela liberdade da mulher? Agora a mulher tem que ficar se policiando o tempo todo para não se enquadrar num critério que alguém definiu como machista?

Já a sua irmazinha pequena, Aurora Piangers, uma criança de apenas 2 anos, também no programa de Fátima Bernardes, afirma gostar de rosa. Tadinha, vai sofrer nas mãos da irmã mais velha para ser uma feminista empoderada que não gosta de rosa, magenta (púrpura), lilás, violeta ou roxo, essas cores consideradas femininas.

O título ainda chama de “aula de feminismo” e a autora do artigo continua empolgada, no decorrer do texto, com a atitude da jovem de 10 anos, tida como “empoderada” por se “libertar” do seu gosto por rosa.

De acordo com as feministas, pode-se concluir que as meninas nascem machistas, porque, desde bem pequenas, preferem as cores rosa e roxo, como nos exemplos de Anita e Aurora, que, quando pequenas, gostam dessas cores.

Mas o que dizem cientistas?

Segundo a teoria desenvolvida por cientistas da universidade chinesa Zhejiang, publicada no periódico Personality and Individual Differences:

“Mulheres preferem o rosa por causa de ancestrais coletoras de frutas. Já os homens gostam do azul porque a tonalidade representa um bom dia para a caça.”[2]

Segundo os cientistas, as mulheres tendem a preferir a cor de rosa e o vermelho, já homens tendem a dar preferência ao azul e ao verde. E as tendências vêm de longe. Os pesquisadores acreditam que o maior contato das mulheres com frutas vermelhas e roxas durante a coleta fez com que elas, ao longo do tempo, preferissem essas tonalidades. Os homens, por outro lado, por azul sinalizar bom tempo, ideal para os dias de caça, passaram a gostar mais dessa cor.

[1]http://www.brasilpost.com.br/2015/09/15/feminismo-encontro-fatima_n_8142940.html

[2]https://dicasdoprofessor.wordpress.com/2011/05/09/por-que-as-mulheres-gostam-da-cor-rosa/