Filme Confiar

Confiar (do inglês Trust) é um filme produzindo em 2010 e lançado em 23 de setembro de 2011, dirigido por David Schwimmer (duração: 1h46min). Elenco (atores e seus personagens: Clive Owen como Will Cameron, Catherine Keener como Lynn Cameron, Liana Liberato como Annie Cameron, Jason Clarke como Doug Tate, Viola Davis como Gail, Noah Emmerich como Al Hart, Chris Henry Coffey como Charlie/Graham Weston.

Annie Cameron como Liana Liberato no filme Confiar

Annie Cameron, personagem interpretada pela atriz Liana Liberato no filme Confiar.

O enrendo é entorno de Annie (Liana Liberato), filha de  Will (Clive Owen) e Lynn (Catherine Keener) têm três filhos. Muitos ignorantes associam erradamente o filme à pedofilia. O filme não tem nada a ver com pedofilia. Pedofilia é a atração sexual primária por pré-púberes (garotas com menos de 9 anos; quem ainda não alcançou a puberdade). A puberdade feminina começa aos 9 anos, com o broto mamário, e termina aos 13 anos. Historicamente, era comum essas garotas casarem. Há várias pessoas com avós/bisavós que casaram aos 12 anos. A Julieta, de “Romeu e Julieta”, tinha 13 anos. O filme é muito apelativo. Trata uma mulher de 14 anos, como se tivesse 7 anos. Explora bastante o moralismo estadunidense. O filme reforça preconceitos da sociedade e se aproveita da insegurança dos pais. Nem o livro Lolita de Vladimirt Nabokov tem a ver com pedofilia.

Confiar se aproveita do machismo sobre a sexualidade feminina e do preconceito etário para faturar,  ganhar dinheiro. Mulheres jovens e inteligentes perceberam isso e criticaram o filme. Já pais inseguros, machistas e preconceituosos ficaram balançados com o enredo. Muitos pais não querem suas filhas fazendo sexo, muito menos com homens mais velhos e em relações sem compromisso. O filme se aproveitou disso e ainda construiu uma ideia de estupro ao Charlie forçar o início da prática sexual, num motel, que Annie aceitou ir e usar lingerie comprada por Charlie, que não ligou no dia seguinte (como se todas as mulheres fizessem sexo com a intenção de casar).

O filme Confiar é um dos vários filmes que são feitos para atacar o casal sagrado do cristianismo [1] e infantilizar a adolescência, sendo uma de suas claras finalidades a culturalização da prática do aborto.
Filmes moralistas e preconceitusos do tipo Confiar são uma forma de ofender o casal sagrado do cristianismo. Maria foi desposada aos 12 anos com José, um homem de 90 anos.

Não é coincidência

Filme Confiar; José e Maria.

[1]http://books.google.com.au/books?id=m_OShrBh0I0C&lpg=PP1&pg=PA12#v=onepage&q=betrothal&f=false
[2]http://www.newadvent.org/cathen/08504a.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s